Contactos da Igreja Católica em Portugal  
 
ANUÁRIO CATÓLICO  
Dioceses
Listagens
Notas Históricas
Nunciatura Apostólica
Bispos
Cúrias Diocesanas
-
Chancelaria/secretaria geral
-
Gestão de recursos pessoais, patrimoniais e financeiros
Conselhos Presbiterais
Colégio de Consultores
Cabido
Conselho Pastoral
Colégio de Arciprestes
Secretariado / serviço / departamento
Comissões
Tribunais Eclesiásticos
Seminários
Diaconado Permanente (formação)
Formação de Agente de Pastoral
Vigararias/Arciprestados
Paróquias
Oragos
Centros de Vida Cristã
Presbíteros
Diáconos Permanentes
Associações e Obras para Presbíteros
Prelaturas Pessoais
Institutos Religiosos Femininos
Institutos Religiosos Masculinos
Institutos Seculares
Associações, Movimentos e Obras
Centros de animação espiritual
Obras de Acção Sócio-caritativa
Escolas Católicas
Instituições Culturais
Comunicações Sociais
Estatísticas
Aniversários do dia
Natalícios e Ordenação
   
Indiquem-nos, por email secretaria.cep@ecclesia.pt, as incorrecções encontradas.


Nome:
Nota Histórica da Diocese Guarda
Sufragânea:
DE LISBOA
Nota histórica:
Pouco depois de fundada a cidade da Guarda (1199) foi para aí transferida a antiga sede episcopal da Egitânia (Idanha-a-Velha) fundada em meados do séc. VI. Foi seu primeiro Bispo D. Martinho. Nessa altura, era sufragânea de São Tiago de Compostela e seu vasto território estendia-se até ao sul do Tejo. Com a criação da Diocese de Portalegre (1549), sofreu uma primeira redução e, mais tarde, no séc. XVIII, nova redução. Pela remodelação de 1882, seus limites foram alargados com a incorporação da Diocese de Pinhel e parte das Dioceses de Coimbra e Castelo Branco. Tem uma área de 6.759 km2 e uma população estimada em 250.000 habitantes. Situa-se numa zona predominantemente montanhosa e de agricultura difícil, exceto a chamada Cova da Beira, encontrando a sua riqueza especialmente na pecuária, pinhais, indústria de lanifícios. Principais centros urbanos: Guarda, Covilhã, Gouveia, Seia, Pinhel, Tortosendo, Fundão e Manteigas.