Contactos da Igreja Católica em Portugal  
 
ANUÁRIO CATÓLICO  
Dioceses
Listagens
Notas Históricas
Nunciatura Apostólica
Bispos
Cúrias Diocesanas
-
Chancelaria/secretaria geral
-
Gestão de recursos pessoais, patrimoniais e financeiros
Conselhos Presbiterais
Colégio de Consultores
Cabido
Conselho Pastoral
Colégio de Arciprestes
Secretariado / serviço / departamento
Comissões
Tribunais Eclesiásticos
Seminários
Diaconado Permanente (formação)
Formação de Agente de Pastoral
Vigararias/Arciprestados
Paróquias
Oragos
Centros de Vida Cristã
Presbíteros
Diáconos Permanentes
Associações e Obras para Presbíteros
Prelaturas Pessoais
Institutos Religiosos Femininos
Institutos Religiosos Masculinos
Institutos Seculares
Associações, Movimentos e Obras
Centros de animação espiritual
Obras de Acção Sócio-caritativa
Escolas Católicas
Instituições Culturais
Comunicações Sociais
Estatísticas
Aniversários do dia
Natalícios e Ordenação
   
Indiquem-nos, por email secretaria.cep@ecclesia.pt, as incorrecções encontradas.


Nome:
Nota Histórica de Santarém
Sufragânea:
de Lisboa
Nota histórica:

A Diocese de Santarém foi criada a 16 de julho de 1975, pela Bula Apostolicae Sedis Consuetudinem do Papa Paulo VI, que, no mesmo dia, nomeou para seu primeiro Bispo, D. António Francisco Marques, falecido em 28 de agosto de 1997. A igreja escolhida para Sé Catedral, e indicada na Bula da criação da Diocese, foi a Igreja do Seminário, em Santarém, dedicada à Imaculada Conceição. O território que constitui a Diocese foi separado do Patriarcado de Lisboa, onde formava, desde 29 de maio de 1966, a Região Pastoral de Santarém. Situada no distrito de Santarém, apenas 13 dos 21 concelhos distritais (e um deles incompleto) pertencem à Diocese: Alcanena (sem as paróquias de Minde e Serra de Santo António), Almeirim, Alpiarça, Cartaxo, Chamusca, Entroncamento, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos, Santarém, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha. São 113 as comunidades paroquiais da Diocese de Santarém que é sufragânea do Patriarcado de Lisboa.